música

Indicação musical: Sleep at last

image

Sabe aquele tipo de música que consegue tocar no fundo da alma, que pode ser reproduzida em qualquer momento e surtirá o mesmo efeito em você. O efeito de te fazer parar, respirar fundo, pensar e se sentir como se o mundo exterior deixasse de existir e  a única coisa que importa é você estar viva e sentindo todo e qualquer tipo de emoção.

Ouvi pela primeira vez Turning Page do projeto Sleep at Last assistindo ao filme Amanhecer parte I da saga Crepúsculo e não consegui mais pensar em outra música que me fizesse sentir o que aquela música tinha conseguido. Pensei que talvez fosse pela emoção do filme, mas até hoje quando a escuto, essa música tem o mesmo efeito sobre mim.

Fui atrás de outros títulos e a história se repetiu, não sei explicar como, nem tudo o que passa pela minha cabeça quando estou ouvindo essas músicas, mas vou deixar algumas indicações aqui para quem quiser se aventurar nesse mar de emoções que Sleep at Last me proporcionou.

Turning Page

 

Saturn

Light

 

Sun

Sleeping At Last é um projeto musical de rock alternativo liderado pelo cantor-compositor e multi-instrumentista Ryan O’Neal. O projeto iniciou em Wheaton (Illinois) como um trio, com Ryan O’Neal como vocalista e guitarrista, seu irmão Chad O’Neal como baterista, e Dan Perdue como baixista. A banda gravou independentemente seu primeiro álbum, Capture, em 2000, o qual usaram para atrair a atenção do vocalista da Smashing Pumpkins, Billy Corgan, que os ajudou a conseguir um contrato com uma grande gravadora, a Interscope Records. A banda lançou seu primeiro e único álbum de uma grande gravadora, Ghosts em 2003, antes de se tornar novamente independente e lançar Keep No Score em 2006, e Storyboardsem 2009.

Nos anos seguintes ao lançamento de seus quatro álbuns, Chad O’Neal e Perdue deixaram a banda para seguir outros interesses. Ryan O’Neal optou por manter o uso do nome da banda para seu trabalho solo, mas preferiu se concentrar em músicas individuais e EPs curtos do que quaisquer outros álbuns tradicionais.


O trecho acima foi retirado da página Wikipedia.

Espero que tenham gostado dessa indicação.

Bônus:

Também através da saga Crepúsculo conheci essa música de outro autor, mas que toca de forma similar a minha alma.

Iron and Wine – flightless bird american mouth 

 

Beijos e abraços ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s